Home   |   Fale Conosco   |   Área Restrita

GRUPO SINAGRO            SERVIÇOS            ONDE ESTAMOS            GESTÃO DE PESSOAS            RESPONSABILIDADE           PARCEIROS




Soja: Preços sobem mais de 10 pontos em Chicago antes do USDA com maior apetite ao risco no financeiro Print

Terça, 12 Julho, 2016


Soja: Preços sobem mais de 10 pontos em Chicago antes do USDA com maior apetite ao risco no financeiro

Na sessão desta terça-feira (12), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago trabalhavam próximos da estabilidade à espera dos novos números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), porém, passaram a subir e, por volta das 11h15 (horário de Brasília), subiam mais de 10 pontos. Assim, o contrato agosto/16 era negociado a US$ 10,87 por bushel, enquanto o novembro/16, que serve como referência para a nova safra dos EUA, vinha a US$ 10,65. 

"Os mercados estão agitados nesta manhã de hoje e isso é bastante incomum para um dia de boletim mensal de oferta e demanda do USDA. Os traders estão conflitando sobre qual o futuro da produtividade nos EUA , além de continuarem continuando as informações sobre o clima nos Estados Unidos. As previsões continuam indicando um final de julho mais quente e seco", explica Bryce Knorr, analista de mercado do portal internacional Farm Futures. 

Além disso, os futuros da soja acompanham ainda uma alta entre outras commodities, como o petróleo, por exemplo, que sobe mais de 2% tanto em Londres quanto em Nova York na sessão de hoje, refletindo o melhor humor do mercado financeiro global. Ao lado do petróleo, subiam ainda as moedas emergentes e o minério de ferro, além de bolsas de valores ao redor do mundo, com o Ibovespa no melhor patamar do ano. Os estímulos monetários esperados para o Japão são, segundo explicam analistas, um dos fatores responsáveis por esse maior apetite ao risco. 

Ao mesmo tempo, o dólar recuava e chegou a perder, somente frente ao real, mais de 1% nesta terça-feira. A moeda norte-americana era negociadoa, por volta das 11h30, em R$ 3,27, caindo 0,93%. "Todo o nervosismo (no exterior) que vimos no mês passado deu lugar a uma recuperação impressionante no humor, em todo o mundo. O Brasil é um dos principais beneficiados porque o mercado está dando o benefício da dúvida para o governo", disse o superintendente regional de câmbio da corretora SLW João Paulo de Gracia Corrêa em entrevista à agência de notícias Reuters.

Fundamentos e espera pelo USDA

O novo reporte do USDA sai hoje às 13h (Brasília)e os traders realizaram lucros ao final do pregão de ontem já esperando, segundo explicam analistas, por números maiores da safra dos Estados Unidos, com uma revisão, principalmente, da produtividade. Os estoques finais da nova temporada, portanto, também poderiam ser revisados para cima. 

Veja as expectativas do mercado para os números de hoje:


Ao mesmo tempo, porém, as informações sobre o clima no Corn Belt continuam dando direção aos preços e as últimas previsões indicam menos chuvas e temperaturas mais altas no intervalo dos próximos 6 a 14 dias. 

Ainda sobre a nova temporada, o mercado acompanha o desenvolvimento das lavouras e, em seu reporte semanal, o USDA trouxe um aumento de um ponto percentual nas plantações de soja em boas ou excelentes condições no país, para 71% até o último domingo. Além disso, mostra que o índice de lavouras de soja em fase de florescimento passaram de 22% para 40%, contra 31% da média plurianual. Ainda sobre a oleaginosa, 7% dos campos estão na fase de formação de vagens, também acima da média, que é de 5% para esse período do ano.  


Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas



Ver todas as notícias!





NOTÍCIAS POR ASSUNTO



PESQUISA






Home   |   Quem Somos   |   Serviços   |   Onde Estamos   |   Gestão de Pessoas   |   Responsabilidade   |   Parceiros   |   Contato


FAÇA-NOS UMA VISITA


SINAGRO - MATRIZ

Rua Rio de Janeiro, 2.583, Primavera IV

Primavera do Leste - MT, 78.850-000

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


 


  ©2018. Grupo Sinagro. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem