Home   |   Fale Conosco   |   Área Restrita

GRUPO SINAGRO            SERVIÇOS            ONDE ESTAMOS            GESTÃO DE PESSOAS            RESPONSABILIDADE           PARCEIROS




Previsão da Conab para soja supera expectativa do mercado Print

Terça, 12 Janeiro, 2016


Estimativa ficou 2 milhões de toneladas acima da média de 100,5 milhões prevista por consultorias e instituições

POR VENILSON FERREIRA
 

A estimativa de safra de soja 2015/2016, divulgada nesta terça-feira (12/11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), indicando colheita de 102,110 milhões de toneladas, ficou acima das previsões das consultorias e outras instituições, embora tenha caído em relação as 102,549 previstas em dezembro. A média das outras projeções era de produção de 100,5 milhões de toneladas de soja. A safra passada foi estimada pela Conab em 96,228 milhões de toneladas.

No relatório que a companha a estimativa de safra, os técnicos da Conab observam que mesmo com os problemas enfrentados ao longo do plantio, se manteve a tendência de crescimento da área plantada de soja, que nesta safra avançou 1,135 milhão de hectares (mais 3,5%) para 32,2 milhões de hectares. O maior avanço foi no Paraná (mais 218,9 mil para 5,443 milhões de hectares), seguido de Mato Grosso (mais 205,5 mil hectares, para 9,140 milhões de hectares).

Segundo os técnicos, em Mato Grosso, maior produtor nacional, na maioria das regiões houve problemas ocasionados pela falta de chuvas, causando o replantio, com destaque para o médio norte, onde muitos municípios estão sofrendo com a acentuada escassez de chuvas. Eles observam que existe consenso entre os informantes que a falta de precipitações irá proporcionar queda de produtividade e que a soja precoce será a mais afetada.

No Paraná, segundo maior produtor, também existe a possibilidade de redução do potencial produtivo das lavouras, "mas ainda é muito cedo para esse tipo de avaliação”, dizem os técnicos. Eles observam que a soja no Paraná ganhou espaço do milho verão, áreas de mandioca e também de cana-de-açúcar. Eles destacam a incidência de doenças radiculares e aéreas, fungo de solo e "a temida ferrugem asiática, estando previsto que o ataque de ferrugem deverá ser muito alto esse ano”.

No Rio Grande do Sul, as áreas de soja sofreram replantios por causa das erosões, chuvas pesadas sobre lavouras recém semeadas e ataques de fungos. "Afora isso, a despeito do baixo estande de algumas lavouras, a soja se desenvolve satisfatoriamente, mantendo-se ainda a expectativa de que seja atingido o potencial produtivo integral, uma vez que há ainda tempo suficiente para recuperação”, dizem os técnicos.




Ver todas as notícias!





NOTÍCIAS POR ASSUNTO



PESQUISA






Home   |   Quem Somos   |   Serviços   |   Onde Estamos   |   Gestão de Pessoas   |   Responsabilidade   |   Parceiros   |   Contato


FAÇA-NOS UMA VISITA


SINAGRO - MATRIZ

Rua Rio de Janeiro, 2.583, Primavera IV

Primavera do Leste - MT, 78.850-000

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


 


  ©2018. Grupo Sinagro. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem